Música da semana - Scar Tissue





Scar tissue that I wished you saw
Sarcastic Mister Know-it-All
Close your eyes and I'll kiss you 'cause
With the birds I'll share

With the birds I'll share
This lonely view
With the birds I'll share
This lonely view

Push me up against the wall
Young Kentucky Girl in a push-up bra
Fallin' all over myself
To lick your heart and taste you health 'cause
With the birds I'll share
This lonely view…

Blood loss in a bathroom stall
Southern girl with a scarlet drawl
Wave good-bye to ma and pa 'cause
With the birds I'll share

With the birds I'll share
This lonely view
With the birds I'll share
This lonely view

Soft spoken with a broken jaw
Step outside but not to brawl in
Autumn's sweet we call it fall
I'll make it to the moon if I have to crawl and
With the birds I'll share
This lonely view…

Scar tissue that I wished you saw
Sarcastic mister know it all
Close your eyes and I'll kiss you 'cause
With the birds I'll share

With the birds I'll share
This lonely view
With the birds I'll share
This lonely view


Comentários

  1. Olá, desculpe invadir seu espaço assim sem avisar. Meu nome é Nayara e cheguei até vc através do Blog Alma de poesia. Bom, tanta ousadia minha é para convidar vc pra seguir um blog do meu amigo Fabrício, que eu acho super interessante, a Narroterapia. Sabe como é, né? Quem escreve precisa de outro alguém do outro lado. Além disso, sinceramente gostei do seu comentário e do comentário de outras pessoas. A Narroterapia está se aprimorando, e com os comentários sinceros podemos nos nortear melhor. Divulgar não é tb nenhuma heresia, haja vista que no meio literário isso faz diferença na distribuição de um livro. Muitos autores divulgam seu trabalho até na televisão. Escrever é possível, divulgar é preciso! (rs) Dei uma linda no seu texto, vou continuar passando por aqui...rs





    Narroterapia:

    Uma terapia pra quem gosta de escrever. Assim é a narroterapia. São narrativas de fatos e sentimentos. Palavras sem nome, tímidas, nunca saíram de dentro, sempre morreram na garganta. Palavras com almas de puta que pelo menos enrubescem como as prostitutas de Doistoéviski, certamente um alívio para o pensamento, o mais arisco dos animais.



    Espero que vc aceite meu convite e siga meu blog, será um prazer ver seu rosto ali.

    http://narroterapia.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas